sábado, 20 de agosto de 2016

Consegui

Olá! Olha eu aqui, estava morrendo de saudades do blog e das minhas garotas.
Tenho MUITA coisa para atualizar, mas não tem como não começar sobre o principal e o motivo de eu estar fazendo esse post hoje. Passei uma semana fora de casa, já que voltaram as aulas. Voltei ontem à noite e acabei de subir na balança, 59kg. É isso, consegui alcançar minha meta principal que era 60kg! Os outros 5 era só uma meta de segurança, para poder me controlar melhor e não deixar eu passar de 60kg novamente. Talvez por isso o meu primeiro pensamento foi "ótimo, preciso continuar porque posso ir além" ao invés de "ótimo, agora posso dar uma relaxada". Estou até pensando que uma banana seria muita coisa para o café da manhã e pensando em escolher uma fruta menos calórica. Isso me assusta. Vou falar sobre isso com a minha terapeuta.

Outra coisa importante, falei sobre minha relação com a comida com a terapeuta, finalmente. Ela acha que eu não estou anoréxica, porque eu cheguei a dizer que eu não me importaria em manter o peso, mas continuo evitando comida com medo de voltar a engordar e ela disse que anoréxicas sempre se acham gordas. Eu sinceramente espero que ela esteja certa, e, apesar de não me ver magrinha, sei mesmo reconhecer que não estou mais gorda. Mas minha relação com a comida está mais complicada que nunca, acho e pretendo ficar nessa para sempre. Fiz um acordo comigo de comer para sobreviver e comer coisas saudáveis, nunca comer besteiras, principalmente se não for por fome. Tenho conseguido. Isso me fez cancelar minha festa de aniversário, porque praticamente só iria ter besteira e não sei como minha mente estará até lá em relação com a comida, do jeito que eu sou, provavelmente passaria a festa inteira sem comer nada, recusando até um pedaço do meu bolo.

Umas semanas atrás aconteceu uma coisa que eu nunca esperaria. Uma das minhas melhores amigas falou que ia a um grupo de transtornos alimentares, porque ela já estava passando por isso a bastante tempo. A mesma já revelou que sofreu bullying na escola quando mais nova. Imagino que ela tenha uma trajetória parecida com a minha. MAS A BUNDONA AQUI NÃO FOI FALAR COM ELA SOBRE ISSO. Primeiro que estávamos com mais dois amigos, e não estou pronta para mostrar esse meu lado para eles. Segundo que não queria ficar fazendo perguntas, vi que os assuntos eram delicados para ela, e para mim também. Tenho uma trava para ficar me abrindo profundamente com as pessoas, acho que desenvolvi isso como forma de defesa (estou aprendendo isso sobre mim por causa da terapia). Fiquei uma semana inteira depois disso ensaiando como escreveria uma mensagem para ela, e acabei não mandando nadinha. Uma das minhas melhores amigas, poderíamos estar compartilhando experiências, nos ajudando, mas não... E ela voltou para a faculdade, mas para o primeiro semestre de novo, nos vemos todos os dias, mas só no intervalo, onde comemos os lanches das nossas dietas e recusamos pessoas vendendo doces. Espero que quando eu estiver pronta para me abrir não seja tarde demais.

Meu cabelo continua caindo horrores, mas pelo o que eu vi não estou com nada alarmante, mas só no retorno com a nutricionista para saber com certeza. Minha menstruação não vem a três meses agora, preciso marcar ginicologista urgente. Acho que vou admitir isso para a minha mãe, só não sei como ainda.

Fora isso, nem uma novidade, tudo na mesma. Espero que vocês estejam bem, estive com saudades. Dei uma visitada em alguns blogs ultimamente, tentarei continuar e não sumir.

terça-feira, 26 de julho de 2016

Tentando ser saudável

Eu estou com tudo a disposição para ser uma pessoa saudável, se não der certo, não tem mais esperança para mim.

Terapia: Já fui em 4 sessões de terapia, mas ainda não tive coragem de falar da Ana. Sou uma pessoa fechada pessoalmente, estava dando um tempo até me sentir segura para tocar nesse assunto. A conversa da última sessão começou a caminhar para isso, já que falamos sobre como eu me esforço para estar dentro dos padrões e com medo de mostrar quem eu realmente sou. Estava bem encorajada a falar sobre a Ana na próxima sessão, mas ai aconteceu outra coisa que também quero muito falar sobre, então não sei agora. Mas cedo ou tarde a Ana será abordada e espero que isso ajude.

Academia: Me inscrevi na academia do meu prédio! Infelizmente fiquei com uma intoxicação alimentar e não fui na semana passada, estou começando mesmo essa semana. Estou adorando! Disse para o instrutor que queria dar um fim na flacidez e ele perguntou se eu tinha perdido muito peso, por causa do tanto de pele sobrando. Então fica ai uma dica para vocês: façam exercícios se puderem enquanto emagrecem! Ou vão acabar como eu :(

Nutricionista: Ainda não fiz os exames que a nutricionista pediu, mas meu cabelo está caindo demais e minha menstruação atrasada. Segundo os sábios "Google" e "Yahoo Respostas", estou precisando de ferro e gordura, duas coisas que estou tentando consumir mais, porque isso está me dando desespero. Já estou me vendo ficando careca com o tanto de cabelo que cai todo dia! Estou investindo na carne, na beterraba e no feijão, uma hora deve diminuir, né?
Quando eu sigo o cardápio da nutricionista certinho consigo perder 0,5kg por dia. Como a meta era perder 2kg em um mês, me senti na liberdade de escapar do cardápio alguns dias, não queria voltar lá e perder demais. Já consegui emagrecer os 2kg. Deveria estar pesando 61kg na balança dela, que deu menos do que a minha da última vez, e já estou com 61kg na minha. Mesmo assim, essa semana não estou preocupada com perder peso demais, estou querendo diminuir esse número e alcançar o meu sonhado 60kg o mais rápido o possível! Se tudo ocorrer como o planejado, devo estar lá no final de semana. Acho que estou muito mais ligada ao número na balança do que na minha imagem ultimamente, morreria se alguém tirasse ela de mim.

Somando academia com nutricionista e terapia, tem tudo para dar certo, né? Darei tempo ao tempo e vamos ver o que vai acontecer.
Queria muito jogar tudo isso para o ar, deixar meu corpo ser como ele é, deixar eu comer quando eu sentir vontade e fome. Eu não sou modelo nem nada disso. Sou uma pessoa normal, o que tem de errado em ter o corpo de uma pessoa normal? Tem muitas modelos que também não têm o corpo "perfeito", só um bom photoshop, porque essa coisa de perfeito não existe, nem eu e nem ninguém nunca vai conseguir alcançar, não importa o que a gente faça. Só que infelizmente eu não consigo, não sei porquê, só não consigo. Não posso me deixar ser gorda.

Bom, entre dias de comer o menos o possível seguindo o cardápio da nutricionista e compulsões, é assim que eu estou. Esses últimos dias até que estou resistindo a tentações como eu costumava fazer, agora que estou tão pertinho dos 60kg estou bem motivada a alcançar ele.
Espero que todas vocês estejam bem, senti saudades <3
Vou deixar o cardápio da nutricionista, para quem quiser. Beijinhos :*


Cardápio
9:00 - Café da manhã
1 fatia de pão integral com recheio branco (requeijão, cream cheese etc, evitar maionese!!)
1 fruta ou suco natural

12:00 - Almoço
2 colheres de arroz (pode ser trocada por batata ou uma "pegada" de macarrão)
2 colheres de feijão
1 porção de carne magra do tamanho da palma da mão
Salada e legumes a vontade.

15:00 - Lanche da tarde
1 fruta

18:00 - Janta
(salada e legumes a vontade)
1 porção de carne magra
ou
iogurte zero com fruta
ou
salada de frutas
ou
1 copo de vitamina (com leite desnatado)
ou
omelete

ps¹: as colheres são colheres de sopa, e não a de pegar
ps²: recomendado pelo menos 30min de caminhada, preferencialmente de manhã


Se eu choro ouvindo essa música?
HAHAHAHAHAHAHAHA sim

terça-feira, 5 de julho de 2016

Nutricionista

Demorou, mas, depois de muita enrolação, o convênio me deixou marcar com uma nutricionista! Fui ontem.
Falarei sobre isso depois, primeiro farei um resumo das últimas semanas. Sábado dia 25 eu fiz um fondue com os amigos (queijo e chocolate), acordei já pensando que me daria aquele dia para não pensar em calorias, que nem abriria o MyFitnessPal, até porque não tem como se calcular as kcal em um fondue. Para a minha surpresa, eu consegui. Tive um dia de uma pessoa normal e um fondue super calórico de noite. Comi restos do fondue por mais 1 dia e meio, porque sobrou bastante coisa e também porque estava sozinha no meu apartamento, mais dois dias sem contar as calorias. Voltei para casa e quando me pesei ainda mantinha os 65kg. Depois das besteiras que eu coomi estava esperando uns 67kg. Achei ótimo, vi que meu peso estava estagnado e que eu estava comendo o que eu queria.
Ai começaram os abusos, ficava pensando em comida o tempo todo e queria comer mesmo não estando com fome. Também estava aproveitando os doces que não chegava perto desde o ano passado. Me mantive nos 65kg ainda, até que um dia subiu para 65,5kg. Nesse mesmo dia (30/06) era aniversário da minha irmã e a gente ia sair para jantar. Coloquei o vestido superjusto na cintura que comprei no shopping (falei dele aqui) e me achei bem barriguda. Tive que trocar de roupa. Dei para a minha mãe passar para mim a camisa que comprei há um tempo na AliExpress e ela estragou a blusa com o ferro. A calça jeans que antes estava larga estava justa de novo. Peguei um casaco antigo e decidi que iria daquele jeito mesmo, estava com uma sensação de tudo que eu tinha conseguido em 6 meses difíceis estava indo embora. Não podia continuar com isso e perder ainda mais. Fomos ao Paris 6 e não comi nada além de uma caesar salad. Comecei esse mês limitando minhas calorias diárias em 600kcal, abri o MyFitnessPal depois de dias.
Perdi 1kg até ontem, quando minha balança marcou 64,5kg. Não paro de pensar que estou feliz por estar emagrecendo novamente com essa quantidade de kcal, fico pensando no quanto poderia perder se continuasse assim...

Fui na nutricionista pela primeira vez na vida ontem. Fui sincera com ela, apesar de omitir algumas coisas. Falei que estive comendo pouco e que tinha perdido 20kg, mas, quando ela me perguntou o que eu estava comendo de café da manhã, ao invés de dizer "1/4 de maçã" respondi "uma fruta". Foram coisas assim que não consegui me abrir inteiramente, vergonha de mim mesma e do que tenho feito. Para a minha supresa, não tocamos no assunto de TA e ela até me deu parabéns pelos kgs perdidos. Antes disso minha mãe queria entrar comigo, para falar que eu estava comendo pouco, pulando refeições etc, e eu a convenci a me deixar ir sozinha por medo que a nutricionista falasse agora sobre TA.
Na balança dela (uma balança digital normal) estava com 63,2kg, se me lembro bem. Ela disse que estava ótimo, que meu peso ideal era entre 58 e 65kg, para eu ter em mente que 65kg era o máximo que eu podia ter. Eu disse que estava planejando fazer academia (o que deve acontecer no próximo mês) e ela disse que era para eu aproveitar esse mês para perder peso, porque depois com a academia eu vou ganhar massa magra, o que vai me dar uns quilos a mais, só que tirar medidas. Ela me passou um cardápio que eu gostei, parece que tem poucas kcal, e disse que acha que eu consigo perder 2kgs esse mês. Farei outro post só com o cardápio, para quem quiser se inspirar.
E, claro, terminou com ela pedindo vários exames, que eu sei que os resultados serão péssimos. Meu cabelo está caindo bastantinho e minha menstruação atrasada em 15 dias ou mais.
Ontem eu já segui mais ou menos o cardápio dela, mas começo oficialmente hoje, daqui a pouco, 9h, é a hora do meu café da manhã.

Senti muita falta de vocês, me perdoem o sumiço, estou de férias, mas tudo continua uma loucura. Aos poucos vou me atualizando de como vocês estão e comentando no blog de todas <3

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Perdida

A burocracia do convênio não me deixou marcar a nutricionista ainda e eu estou começando a ficar maluca.
Não consigo não pensar nas calorias de tudo o que eu como ainda. Se as calorias diárias ficam a baixo de 1000kcal eu lembro da amiga da minha mãe falando que eu não posso querer perder mais peso e que é para eu comer normal (só que eu não sei mais o que é comer normal!). Se eu passo das 1000kcal já penso no meu peso e em todo o meu esforço de meses sendo jogado no lixo. O pensamento de que eu não sei que rumo tomar quanto a minha alimentação ou qualquer outra coisa da minha vida me fez ir dormir chorando ontem.

Meus dias estão se resumindo em: acordar cedo, caminhar pelo condomínio, subir até o meu andar (7º) de escada e tentar não passar das 1000kcal durante o dia, mas chegar perto. Ainda não consegui comer coisas gordurosas, com muito sódio ou muito calóricas. Estou mirando salada, frutas, lanches naturais etc. Fui ver os preços da academia hoje.

Segunda-feira já voltei para os 65kg. Nesse mesmo dia tinha um aniversário com os amigos. Por ter engordado tanto em tão pouco tempo eu cheguei a pensar em inventar uma desculpa para não ir, ai me lembrei que prometi para mim mesma que a Ana não iria me afastar dos meus amigos. Não sei se é meu emocional estar instável no momento ou se é porque me sinto bem perto deles, mas comi bastante naquela noite, mas só salgado assado, e também dois pedaços de bolo. No dia seguinte quis fazer um almoço, escondidinho de frango. Comi arroz depois de sei lá quanto tempo. Repeti o prato, mesmo que eu já tivesse satisfeita. Sim, uma compulsão, estou tendo isso de vez em quando. Inocentemente pensei por um momento que estava "curada" da Ana e desse excesso de preocupação com a comida. Acontece que o almoço foi minha ultima refeição do dia, depois que eu fiz as contagens das calorias nem com fome eu fiquei.

Ainda estou nos 65kg, depois da comilança do aniversário e do almoço do dia seguinte eu pensei que ia estar mais. Acho que estacionou ai, estou torcendo para isso, se eu passar disso eu vou diminuir as calorias diárias mais uma vez. Preciso urgentemente conversar com uma nutricionista, talvez com uma psicologa também, penso em procurar por uma logo.
Reparei que minha barriga está maior, nem sei se ainda entro no meu vestido de formatura, não tive coragem de provar novamente. Parece que os 3kg que eu recuperei foram direto para a barriga.
Apesar de tudo minha autoestima quanto a minha aparência continua boa, não sei até quando.

Tenho festa de aniversário da minha tia hoje em um restaurante, já estou pensando em pedir apenas uma salada com frango grelhado, mesmo que isso fique a baixo das 1000kcal. Quero que o bolo seja de algo que eu não goste para eu poder recusar na frente da família e ninguém achar isso estranho, porque eu não estou querendo comer bolo hoje, nem nada que vai me fazer passar da minha zona de conforto de 1000kcal, no momento estou me sentindo encurralada e querendo chorar de novo.

E é assim que eu estou desde o meu ultimo post aqui, nessa bagunça da pensamentos, sem um rumo e mais gorda, no limite do meu IMC normal.

sábado, 18 de junho de 2016

Não é um adeus

Muita coisa aconteceu desde o meu último post aqui, vou contar só o importante.
Estou de férias! Já estou em casa, no interior, e ficarei por aqui nesses dois meses de férias. Me pesei. Estou com 62kg. No começo disso tudo, em janeiro ainda, eu pretendia chegar até aqui com 60kg, 22kg a menos do que eu estava. Fiquei um pouquinho triste por não ter conseguido, mas depois vi isso pelo lado bom, cheguei bem perto! Depois de 5 meses e meio de muito controle e determinação eu consegui eliminar 20kg! Estou mais bonita e mais confiante agora, sou quase que outra pessoa. Tive fracassos e fracassei com a minha meta, mas tive muitas vitórias também! Posso contar nos dedos quantas vezes comi doce esse ano (contando com suco com açúcar), e olha que oportunidade não faltou, todos os dias tinha alguma coisa tentadora passando por mim e eu consegui ser mais forte.

Já tinha falado para vocês e para a minha mãe que depois que minhas aulas terminassem eu ia pegar mais leve, não radicalizar tanto. É isso que eu comecei a fazer, quinta a noite já, quando comi uma empanada de frango e meia integral de camarão ao creme, muito em relação aos meus últimos dias, mas era algo que eu estava com vontade, então eu comi.
Eu ainda estava com medo de como seria ficar em casa com a minha mãe e ela me vigiando, e com medo de não conseguir manter o peso e engordar. Sexta de manhã, no meu primeiro dia de férias, tive consulta com o clínico geral logo cedo, para me dar a guia para a nutricionista. Queria descansar, mas fui mesmo assim, quero passar na nutricionista o mais rápido o possível.
O médico só olhou para a minha cara e me deu a guia. Porém, eu tive uma "prévia" da minha consulta logo depois, quando fui almoçar com a minha mãe e a amiga nutricionista dela. Minha mãe comentou sobre como eu venho comendo ultimamente e enquanto a amiga dela me olhava com cara de "vish, olha a merda que você fez" eu só conseguia pensar "por favor, por favor, por favor, não surgira que eu estou com transtorno alimentar, não na frente da minha mãe". Estava quase tremendo de nervoso. Felizmente ela não falou nada de transtorno alimentar, mas eu recebi um sermão. Ela me disse que não era saudável emagrecer mais de 1kg a cada dois meses, e que eu não podia nem pensar em querer perder mais peso agora, porque, para o meu corpo, eu estou ficando doente e ele vai querer recuperar o que eu perdi para me fazer ficar bem. Em outras palavras, meu corpo está tentando me fazer engordar por ter perdido tanto peso em pouco tempo. Ela inclusive disse que eu ia recuperar uns quilos (algo que eu já estava esperando mesmo), mas que não era para eu me desesperar.
Isso era exatamente o que eu estava precisando ouvir para "acordar". Estou tendo que diminuir cada vez mais as calorias diárias para continuar a emagrecer, e já estava em um ponto que não tinha mais o que diminuir, a não ser que eu parasse de comer de vez. Garanti que já tinha dado um basta naquilo, e minha mãe me agradeceu, falando que era uma coisa a menos para ela se preocupar.
Novo plano daqui para frente: Não passar fome, tentar comer várias vezes durante o dia, mas buscar por coisas saudáveis e pouco calórias, me permitindo algo fora disso de vez em quando. Por enquanto estou bem receosa, preparada para chegar aos 65kg de novo e ao mesmo tempo com medo disso, então estou tentando ficar em menos de 1000 kcal durante o dia, mais do que isso ainda é demais para mim. Também estou saindo para caminhar de manhã todos os dias pelo meu condomínio, quero no mínimo 100kcal queimadas em caminhada por dia. Continuarei bebendo somente água, quem sabe um suco natural BEM de vez em quando.
Saindo da padaria eu já comprei uma mini torta de morango. Não sabem o quanto eu AMO isso e o quanto eu estive com vontade de comer durante todo esse tempo. E não me arrependo nem um pouco de ter comido ela ontem, foi uma das melhores tortas de morango que eu já comi na minha vida! Ainda me sinto envergonhada por estar sujeita e ganhar peso em troca de minutos de um gostinho de alguma coisa na minha boca, isso para mim é coisa de gente gorda e que vai me fazer voltar a ser obesa. Tenho que trabalhar nisso também, mas por enquanto é o que me mantem longe de cair de cara nos doces, a vergonha que eu sentiria de mim mesma por isso.

Experimentei meu vestido de formatura do ensino médio. Ele finalmente coube! Quase que não fecha. Já fiquei triste por saber que vou engordar um pouquinho e ele vai voltar a não entrar. Minha calça 42 está folgada também, acho que não o suficiente para eu já estar no 40, talvez no meio do caminho. Se ela ficar apertada ai sim eu estarei confusa a respeito do que farei, não volto mais para o 44! É bem provável que eu volte para "quase nada de kcal" de novo se isso acontecer. Enquanto couber na minha calça 42 estarei bem.

Vestido de formatura, servindo de novo 3 anos e meio depois.

Estou conformada em voltar para os 65kg com essa nova fase de "normal saudável" que eu estou entrando, ficarei preocupada se eu passar disso, ai voltarei aos meus antigos hábitos sem nem pensar duas vezes. Sei que o que eu fiz não foi saudável, mas faria tudo de novo. Se eu tivesse seguido o que a amiga da minha mãe disse que  era saudável, eu teria demorado quase 2 anos para perder o que eu perdi em menos de seis meses.
Não desisti dos 55kg, vou começar academia ainda nessas minhas férias, e, com a academia e com a minha alimentação saudável, uma hora eu chego lá. Já estou bem comigo mesma o suficiente, não estou com tanta pressa, não me importo de demorar 1 ano agora para alcançar o corpo que eu quero para mim.
Com isso, eu trago a notícia de que não postarei mais com tanta frequência. Continuarei dando notícias e continuarei visitando os blogs de vocês, porém apenas algumas vezes a cada mês e não mais diariamente. Talvez esse nem seja mais um blog pró-ana daqui para frente, apesar do nome. Ninguém sabe sobre o futuro, mas eu espero muito conseguir ser saudável e manter o peso para depois voltar a perder e alcançar meu objetivo final. Caso eu não consiga, bom, ai eu me encontrarei com a Ana mais uma vez, porque foi ela que me trouxe até aqui.
Agradeço cada um dos comentários, recebo um carinho enorme de vocês e estou sempre tentando retribuir a altura. Não sabem o quanto me ajudaram!
Meu próximo post provavelmente vai ser contando como foi na nutricionista. Encerro esse com a foto que eu já comentei antes, eu durante a oitava série. É uma foto que tem uma história, mas teria que escrever outro textão para contar, então melhor não haha
Beijinhos :*

Obesa, realmente não sei com quantos quilos.

quarta-feira, 15 de junho de 2016

Ainda oscilando

Me perdoem pelo sumiço, inclusive nos posts de vocês. Estou na semana de provas finais e correndo atrás de um monte de coisa, não vim por falta de tempo e exaustão mesmo.

Continuo na mesma oscilação de uma hora achar que estou bem e outra voltando a comer o menos o possível.

Segunda eu comi meu café da manhã de sempre, 1/4 de maçã. Logo de manhã mandei uma mensagem pedindo para a minha mãe marcar nutricionista para mim. Tive que ir ao shopping depois da prova, por conta de uma surpresa de aniversário que estou preparando para a minha irmã mais nova. Enquanto ficava "comer ou não comer, eis a questão", li o comentário da Julinha do meu último post. Coloquei na cabeça que, já que logo vou na nutricionista, posso me preocupar menos até lá. Escolhi algo pelo gosto, coisa que não fazia há tempos. Só que não me descuidei totalmente. Comi um risoto de camarão com camarão grelhado (se fosse só pelo meu gosto teria no mínimo um camarão empanado haha). Mandei uma foto do meu prato para a minha mãe, para ela ver que eu estava comendo. Comi como se não visse comida a dias, e na minha cabeça eu sabia que não seria tão logo que eu teria outra refeição "de verdade". Limpei o prato. Só que fui dormir cedo e usei isso como desculpa para não jantar. 913 kcal.

Terça eu de novo comi meu 1/4 de manhã antes de sair de casa. Sei lá porque eu fiz a burrice de aceitar almoçar com a minha irmã no self-service. Fui um pouquinho mais cedo do que ela, para ela não ver meu prato quando eu comecei a comer e pensar que já tinha comido bastante. Peguei frango grelhado, feijão, cenoura, tomate e alface. Quase todo o frango e o feijão ficaram no prato, praticamente só comi a salada. Comprei uma salada de fruta de tarde e comi 1/3 dela como janta. De novo estava caindo de sono por ter ido na 25 de março à tarde (por causa de uma surpresa para a outra irmã) e dormi cedo, assim não precisei comer mais nada. 147 kcal.

Hoje dividi o resto da salada de frutas em duas refeições, café da manhã e almoço. Jantei uma mini esfirra de queijo. 120 kcal.

Andei bastante nesses três dias, segunda e terça eu até ultrapassei (pela primeira vez) a meta no MyFitnessPal. Segunda eu gastei quase 400 kcal só de andar durante o dia, por isso meu almoço daquele dia não está tão pesado na minha consciência.

Sexta-feira vou passar por um clínico geral e tenho que pedir para ele a guia para a nutricionista. Meu pensamento atual é: comer o menos o possível e aproveitar esse tempo antes de ir para a nutricionista para perder peso.

Amanhã é meu último dia de aula, apesar dos meus planos, se minhas amigas quiserem comer algo depois da faculdade eu irei com elas. Voltarei para a minha casa, o que significa que minha mãe estará por perto. Os próximos dias serão difíceis. Acho que não cumpri minha meta e que não estou nos 60kg ainda. Sexta saberei com certeza.

Hoje uma amiga minha me disse aleatoriamente, do nada mesmo, que eu sou bonita. Isso nunca aconteceria antes dos kgs perdidos. Minha prima me mandou umas fotos de quando a gente estava na oitava série, e eu era enorme! Vou editar e coloco aqui no próximo post.

domingo, 12 de junho de 2016

Oscilações

Antes de mais nada, quero reservar essa partinha do post para dar parabéns atrasado para a Nath. Desculpa não entrar ontem, mas está valendo ainda, é com muito carinho :3 haha
Foi ótimo te conhecer e participar dessa jornada com você, é uma das minhas melhores amigas aqui. Te desejo tudo de melhor e todos os seus sonhos realizados <3

Sexta
Café da manhã e almoço, 1/4 de maçã em cada um.
Jantei no shopping com a minha mãe, filé de frango, feijão e salada.
Me pesei quando cheguei em casa, 61kg. Fiquei feliz e mais tranquila em relação ao meu peso. Comi três pedaços mínimos de colomba pascal que comprei depois que sai da faculdade. Ia guardar ela só para quando chegasse aos 60kg, mas minha mãe quis abrir, ai comi um pouquinho para matar a vontade. Espero que ela tenha acabado com aquilo até eu voltar semana que vem.
290 kcal.

Sábado
Acordei e me pesei, ainda 61kg.
Ainda tranquila com o meu peso, combinei com a minha mãe de jantar em um rodízio de caldo. Como ia relaxar na janta, almocei um filé de frango com tomate cereja, não comi mais nada durante todo o dia.
Na janta comi três pratos de creme de mandioquinha, com torradas e pãozinho, quase como se não visse comida a dias.
1.489 kcal.

Domingo
Dia do arrependimento. Acordei, me pesei, 62kg.
Só eu consigo engordar 1kg de um dia para outro comendo sopa. Talvez eu devesse ter ficado só no caldo, sem as torradinhas como acompanhamento. Mas não sou de ficar lamentando o passado. Hora de focar de novo.
Fui pegar uma maçã para ser o meu almoço. Fui pega, minhas duas irmãs e minha mãe ficaram me dando um sermão. Minha mãe falou que eu estava doida e doente e que ia falar com o meu pai (como se ele pudesse interferir em alguma coisa na minha vida depois de 3 meses sem me ver). Tentei discutir e tive vontade de chorar, porque não quero recuperar mais do peso que eu já perdi. Mas também não quero ser "a filha problemática". Deixei a maçã de lado, peguei um pedaço de kibe de forno.
Fui jantar na padaria com a minha irmã, comi um pão francês com gergelim e um pouquinho de carne louca. Acho que serei mais vigiada que o normal agora. Fui burra e fiz besteira.
Tão perto da minha meta!
328 kcal.

Sexta experimentando roupa no shopping eu me assustei com o que vi no espelho. Meus braços estão finos em cima, mas com pelanca em baixo. Está horrível. Porém eu vi bem que eu já estou chegando no limite do que poderia fazer para o meu corpo controlando a comida. Agora preciso de exercícios. Fiz vários testes onlines e todos dizem que meu peso ideal é 55kg. Depois dos 60kg vou focar em perder os últimos 5kg com exercícios.
A parte boa do final de semana é que nessa mesma ida ao shopping eu experimentei uma calça de moletom M e ela ficou grande. Infelizmente não tinha uma P para eu poder provar. Nunca me imaginei usando roupa P. Também passei na frente de uma loja e achei um vestido lindo. Só que era tamanho único, só tinha o da manequim, e a roupa que estava na manequim serviu em mim! Na cintura ficou ótimo, estou com uma cintura pequena, mas depois fica enorme no quadril. Odeio meu quadril gigante. Mas comprei o vestido.

Essa é a minha última semana de aula, volto para casa na quinta e fico lá por dois meses agora. Estou com medo de não conseguir nem manter o peso com a minha mãe por perto. Fiz a besteira de falar para ela que já estava parando com isso, agora ela vai tentar me encher de todas as coisas que engordam. Acho que a melhor saída vai ser ver a nutricionista mesmo para perguntar como vou manter o meu peso, e ai eu como só o que ela me passar e minha mãe não vai poder falar nada, porque vai ser recomendação da nutricionista.
Só de pensar em todo o meu esforço e foco indo por água a baixo por causa da minha mãe me da vontade de chorar.

Espero que o final de semana de vocês tenha sido melhor que o meu.

quinta-feira, 9 de junho de 2016

62kg! + Muitas fotos

Passei frio hoje para ficar com uma roupa "de pesar" e não dar resultado diferente das outras vezes, mas valeu a pena. A balança marcou 62,6kg, o que, descriminando o moletom gigante, a calça jeans, e o tênis, significa que estou com 62kg! Fiquei muito feliz! Se eu conseguir continuar assim semana que vem, com a minha irmã aqui me vigiando, vou conseguir entrar de férias com os 60kg que eu estava querendo desde o início <3
Amanhã posso ir com uns 3kg de roupa a vontade, amém hsuahsuahs

Não sei se tem muita diferença da foto que eu postei aqui dos 65kg, mas vocês cobraram e eu acabei tirando algumas hoje de tarde, com a roupa de ficar em casa mesmo, e com o cesto de roupas no canto hsuahsuahsuah ignorem tudo isso.




Uma sessão de Lety para vocês haha

E, sim, eu tenho estrias. Já me incomodou, mas hoje não me importo nem um pouco com elas, estou me sentindo bonita, então dane-se umas marquinhas! Aliás, tirei uma foto de rosto hoje em que eu achei que fiquei bonita (coisa raríssima de acontecer, não gosto de tirar fotos e quando me animo eu nunca gosto). Claro que tive que postar nas redes sociais, e pela primeira vez senti que os elogios eram sinceros, e não somente amigos e famílias sendo educados tentando me animar.

Estava pesquisando por thinspo no instagram e vi essa foto, não sei de quem é, mas, para mim, esse é o corpo perfeito. Sinceramente acho que nunca vou chegar a tanto, mas é o que eu queria hsauhsuahs


Chegou encomenda de roupa nova do AliExpress para mim hoje! Uma camisa branca com um laço que parece uma gravatinha. Estou ansiosa para provar e ver como fica, se vai ficar boa ou larga/apertada. Comprei usando como referência a medida do busto, para ter certeza que iria fechar. Só que o frio não me deu coragem para provar ainda.


Nada de novo no cardápio hoje. Comi maçã e iogurte zero. 79kcal. Só que fui para a faculdade hoje, então teve o gasto de sempre de 150kcal perdidas em caminhada. Foi a primeira das minhas provas finais e eu acho que fui bem!

quarta-feira, 8 de junho de 2016

Estou bem

Nada de novo hoje. Mais um dia sem aula, mais um dia sem exercícios e mais um dia sem supervisão com poucas calorias.
Fui dormir às 7h da manhã (fui me deitar às 4h, mas fiquei muito ruim da rinite). Acordei já eram 14h. Fiquei na preguiça, quietinha no quarto, fuçando no celular de baixo da coberta e desencorajada por causa do frio. Só fui comer 17h da tarde, uma mini esfirra de queijo e chips de cenoura no forno que eu fiz com meia cenoura (sim, tem meia cenoura ai na foto, ela fica pequenininha mesmo). Só cortei ela de cumprido com o descascador e coloquei no forno em cima de um papel manteiga. Sem sal, sem azeite, sem nada. Acho que tirei um pouco antes do ponto, mas cenoura já é crocante, ficou uma delícia! Mesmo pura. Ofereci para a amiga da minha irmã provar, já que ela me viu fazendo, e ela gostou também. #DicaDaLety para um snack saudável haha
Depois comi 2 jujubas.
116 kcal hoje.

Aqui temos um prato que metade dele é saudável e a outra metade não deveria estar de jeito nem um na minha dieta haha

Amanhã vou me pesar na faculdade, não sei o que esperar e não sei a meta que me coloco para essa semana, só estou me deixando ir. Essa é a minha penúltima semana de aula e nas férias vou parar de radicalizar. Tenho até um fondue de queijo e chocolate marcado com os amigos.

Sinto que estou chegando perto do fim com a minha relação complicada com a comida. Olho para o espelho e gosto do que vejo. Queria ficar com a barriga que eu fico quando eu seguro o ar, mas do jeito que eu estou não está ruim também. Quando durmo de lado os ossos do joelho chegam até a machucar, tenho que me acostumar ou procurar uma nova forma de dormir. O que me falta agora é exercício para tirar a flacidez e umas gordurinhas. Há chances da minha mãe me pagar academia no próximo semestre.

Fiquei por uns minutinhos com espasmo ocular hoje, e amanhã é a primeira das minhas provas finais. Semestre passado fiquei com espasmo a semana inteira das provas finais. Espero que dessa vez tenha parado por ai.

terça-feira, 7 de junho de 2016

Quando os gatos saem, os ratos fazem a festa

Por que esse título para o post? Bem, minha irmã continua em casa com a minha mãe porque está doente, e estou estou tirando proveito disso para baixar as calorias ao máximo, sem ninguém para me dar sermão!
Comi 1/4 de  maçã de café da manhã e outro no almoço e jantei uma mini esfirra de queijo. 86kcal!
Não tive que ir para a faculdade hoje e acabei ficando o dia inteiro trancada no meu quarto e na cama, comi mais nos outros dias, mas gastava mais do que comia em caminhadas indo e voltando da faculdade, hoje não gastei nada :(

E, para aquelas que precisam de motivação, eu preciso confessar uma coisa. Já pensei em desistir, em jogar tudo fora porque não era possível emagrecer. E não foi uma vez, penso nisso quase que uma vez por semana. Quando estava empacada todo esse tempo nos 65kg eu cheguei a pensar que esse era o meu peso minimo natural e que nunca iria passar disso, só tinha que aceitar. Ai me lembro que eu mesma escrevi aqui que podemos ter o corpo que quisermos, só precisamos merecer isso. Não acho bonito e nem gosto daquelas garotas esqueléticas, não quero ficar assim, Deus me livre! Mas eu penso nelas. Aquele não é o corpo natural delas, nem de ninguém, mas elas alcançaram aquilo. Eu posso alcançar o corpo que eu quero também!
Sou controlada e estou perdendo peso, mas não pensem que é fácil para mim, tenho minhas épocas de ficar empacada, os pensamentos de desistir de tudo e duvido da minha capacidade. Quando vocês estiverem em um desses momentos, têm que ser mais fortes do que ele. Vocês podem sim! Só que a única regra para chegar até lá é não desistir. Só não vai a lugar nem um quem fica parado, fora isso, você pode andar em qualquer direção e no ritmo que quiser, em algum lugar irá chegar.

E, para encerrar, queria comentar que estou super animada com a ideia dos brigadeiros, espero que dê certo, tenho que colocar na minha cabeça que ninguém vai me desmotivar e que meu sucesso só depende de mim mesma. Por que estou falando isso? Comentei com a minha mãe que já queria começar a vender nas férias no nosso condomínio e ela me disse que ninguém iria comprar. Me desmotivei na hora, já nem na faculdade estava com vontade de vender mais (meus pais têm um histórico bem grande de duvidarem de mim e me desmotivarem). Depois comentei isso com a minha irmã e ela me disse para tentar. O máximo que pode acontecer é não vender e eu dar para a minha família comer. E ela está certa. Depois disso minha empolgação voltou, mas vai ser um desafio para mim manter essa confiança e ignorar os comentários pessimistas. Ontem fui dormir mais de 4h da manhã porque meu cérebro não parava de funcionar, sou mais criativa de madrugada hahaha Já pensei em no ano que vem começar a vender um brigadeiro especial a cada mês com o tema do signo do mês, já que isso está na moda. Sem deixar o bom humor de lado e fazendo várias "piadinhas". E, claro, com sabores que eu estou criando, totalmente novos e exclusivos.
Ex: Câncer, é o signo da família, são bem carentes, melosos. Cheguei nessa palavra e já pensei em fazer um brigadeiro no potinho com coisas melosas, um brigadeiro de caramelo com marshmallow em cima e um chiclete no fundo, para a pessoa mascar depois de comer.
Leão, são resumidamente metidos hahaha então farei um brigadeiro de bolacha passatempo com o tema "a última bolacha do pacote", e no fundo vai ter pedaço da bolacha passatempo.
Só para citar algumas das ideias, porque já pensei em quase todos os signos!

Jurava que esse post ia ser minusculo, me perdoem hsuashuahsa

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Meta dada é meta cumprida, 63kg

Comi o mesmo café da manhã e usei a mesma roupa da semana passada para me pesar hoje na faculdade (no mesmo horário). Na hora que estava caminhando para a balança, apesar de não ter arrependimentos do cardápio da semana, me veio na mente tudo o que eu comi nos últimos dia haha
Mas, apesar da preocupação, o resultado foi o esperado. 63,6kg. Costumo me pesar em casa, de pijama ou só com camiseta, depois de acordar, só que como sabia que não ia voltar para casa nesse final de semana, segunda passada já me pesei na faculdade e, com roupas pesadas, deu quase 1kg a mais. Ou seja, estou com os 63kg que eu queria!! (mais um cadeadinho destrancado *-* sim, eu só conto como 63kg quando estou com 63,0kg, mais do que isso considero 64kg haha) Tenho uma semana e meia de aula ainda, se continuar nesse ritmo posso entrar de férias com os 60kg, como eu já tinha planejado desde o começo do ano, quando estava lá nos 80kg ainda. Mas minhas aulas acabam no período do mês que eu engordo/paro de emagrecer, então não vou contando muito com isso. Deveria trocar meus jeans por um 40 com 60kg, mas não estou sentindo o 42 largo ainda :(

Vou contar rapidinho como foi meu final de semana. Mamãe teve um encontro e dormiu aqui em sp comigo. Sábado fomos almoçar junto no self-service, para fazer bonito na frente dela e não ficar ouvindo, comi camarão (tinha quase nada de um molho lá, não sei o que era), feijão e salada.
Tirei a foto bem discretamente para não esquecer de anotar nada no MyFitnessPal depois.
Ela até elogiou meu prato, disse que gostou de como eu estava comendo. Mas não se enganem, um pouco antes disso teve o sermão de sempre sobre eu precisar comer, estar ficando doente etc. E quando estávamos na mesa ela pediu para eu olhar nos olhos dela e jurar que não sentia tontura. Menti mesmo, falei que não. Sorte que logo minha irmã já se intrometeu com outro assunto. Sorte também que almocei com a minha mãe, fazendo trabalho mais tarde minhas amigas tinham comido e se entupiram de delivery do Habbib's. Como sempre, só fiz companhia na mesa. 
Pedi comida de noite, um lanche natura (pão integral, pate de atum, cenoura, tomate e alface - pedi para tirar o queijo), comi metade. Fiquei com fome mais tarde e comi 1/4 de maçã, já que no dia tinha consumido menos calorias do que eu estava esperando. 227 kcal no sábado.

Domingo almocei o resto do lanche. De tarde fazendo trabalho de novo não comi nada. Quando voltei, mamãe estava aqui de novo, já que tinha compromisso aqui perto. Fomos na padaria jantar. Fui olhar os caldos e não tinha nada muito apetitoso. Mas a carne louca que fica perto da porta de entrada me atraiu e muito. AMO carne louca. Achei que estava indo bem e me permiti comer. Jantei um pão francês com gergelim e carne louca. No caixa, vi um saco de jujubas. Fiquei com vontade de jujuba essa semana, comprei. Comi três, até pedi para a minha mãe levar o resto para ela, mas ela não quis. Coloquei tudo em um pote com as informações nutricionais recortadas. Mais uma para a minha coleção de comida! 452 kcal no domingo. Dia especial para quem estava preocupada que eu estava comendo pouco haha

Hoje tive que comer 1/4 de maçã antes de ir para a faculdade (o ritual da pesagem, para dar certo, que eu comentei no início do post). Pensei que ia estar sozinha na hora do almoço, mas a amiga da minha irmã estava aqui. Ainda sim mantive o que eu tinha planejado para o dia e almocei um iogurte grego. Jantei isso também (irmã doente, foi embora com a minha mãe, ninguém para me vigiar). A amiga da minha irmã viu o que foi minhas refeições, espero que ela não suspeite de nada e nem comente com ninguém. Pelo menos não comentou comigo nada sobre o que eu estava comendo ou a quantidade, simplesmente foi fazer a comida dela. 119kcal hoje. #RumoAos60kg

sexta-feira, 3 de junho de 2016

"Se tem uma coisa que eu não tenho vergonha é pedir comida na cara dura."

E é isso que eu ouvi da amiga da minha irmã quando elas estavam conversando. Não preciso nem falar nada sobre isso, né? Então vamos para o que interessa.

O cardápio de hoje foi exatamente o mesmo de ontem. 1/4 maçã de café da manhã, 1/4 maçã de almoço e duas mini esfirras de carne na janta. Dormi de tarde e acordei já praticamente na hora da minha janta (seguindo dicas, não como depois das 18h), estava meio sonolenta e nem pensei direito, por isso comi as esfirras no automático. Estava sozinha em casa e poderia ter jantado outra coisa, algo menos calórico, um iogurte zero, talvez. 126kcal de novo.

Obrigada pelas dicas de todas sobre confidencialidade de nutricionista/psicólogo. Também achei um site que você pode fazer perguntas para psicólogos responderem e vi que minha mãe só ficará sabendo de alguma coisa caso eu corra risco de vida, o que eu acho que não é o caso. Então procurarei ajuda desses dois profissionais, talvez o psicólogo um pouco mais tarde.

Estou virando a garota que coleciona comida haha. Comprei os M&Ms aquele dia e agora estou quase comprando uma colomba pascal que tem no metrô. Mas não, não cairei de cara nisso tudo logo quando alcançar meu objetivo haha. Vou comer aos pouquinhos, só para matar a vontade mesmo, e ainda dividir com a família, claro. Isso faz sentido ou estou parecendo uma doida com essa coleção? hsauhsuahsuhs

Falando em doces, cansei de esperar uma oportunidade de emprego ou estágio. Minha irmã mais velha casa no começo do ano que vem, e já estamos na metade desse ano. Quero ter dinheiro para comprar o presente dela e também para ajudar no casamento, que sei que é uma data única e muito importante na vida dela, quero ver ela feliz. Eu adoro fazer doces, especialmente brigadeiros. Já estava pensando há muito tempo em começar a vender brigadeiros na faculdade, mas desanimei vendo a quantidade de coisas que já vendem lá, inclusive brigadeiros gourmet mais bonitos que os meus (e também foi no início da Ana, minha autoestima, confiança e vontade de qualquer coisa estava lá em baixo). Só que me inscrevi em um curso online grátis de brigadeiro que aconteceu esses dias e isso me deu ideias. A professora do curso falou que o que garante seu sucesso é sua criatividade. Então dane-se que meus brigadeiros enrolados não ficam muito bonitos, vou fazer no potinho mesmo, mas com sabores diferentes, a maioria inventados por mim mesma. Esse vai ser meu diferencial e estou confiante, acho que vai dar certo! Semana que vem já vou na 25 comprar o que eu preciso, e vou começar a vender nas férias, no meu condomínio mesmo. Vou começar com os sabores Brownie e Cookies N Cream, nunca vi brigadeiros desses sabores, espero que isso chame a atenção das pessoas. Me desejem sorte haha. Estou cheia de ideias! Vou investir uns 100 reais (talvez menos, espero) e seja o que Deus quiser. Também me arriscarei fazendo macarons com formatos bonitinhos nessas férias. Serão 2 meses, vou ter bastante tempo livre haha.

quinta-feira, 2 de junho de 2016

Adeus 65kg para sempre

Dei uma pequena desaparecida por um dia e, como já devem imaginar, foi por conta dos meus trabalhos. Acordei 7h, fui para o skype fazer trabalho, de tarde fui para a casa de uma amiga continuar e de noite voltei para encerrar falando com elas pela internet de novo. Terminamos 3 horas da manhã. Isso me fez dormir a tarde inteira hoje. Não tive tempo para nada, e tenho que escrever rapidinho aqui para começar a ler um livro para uma prova, mas assim que for tendo tempo e fazendo uma pausa apareço nos blogs de vocês.

Ontem, de novo, comi 1/4 de maça quando acordei. Por não ter dormido muito (tinha ido dormir 2 horas da manhã por causa desse trabalho também), estava morrendo, e comer pouco não estava ajudando, meus olhos estavam muito pesados e estava tonta, sem conseguir pensar tão bem, não queria isso prejudicando o trabalho. Comi uma esfirra de carne no almoço. Fui tomar banho, mas estava com uma sensação ruim de tontura e fraqueza. Sai do banho e comi outra esfirra. De tarde já estava melhor, fui para casa de uma amiga, por isso passei a tarde sem comer nada. Ela pegou um pacote de bolacha wafer do Toddy (AMO) e claro que eu não comi nem um pedaço. Não vou mentir, pensei em comer só meia bolacha ou algo assim, mas logo pensava "você não está comendo nem comida direito por causa das calorias e vai comer isso?". Acho que ela comeu quase todo o pacote, fico horrorizada como as pessoas consomem um zilhão de calorias sem sequer pensar sobre isso. Comi minha panqueca light de atum quando cheguei. 204 kcal. Foi mais do que os dias anteriores, mas eu não estava me sentindo bem, esse era o único jeito.

Mais uma vez 1/4 de maçã foi meu café da manhã, e hoje foi meu almoço também. Nada de tarde por motivos de dormi. Comi duas esfirras de janta. 126 kcal. Detalhe, assim que tirei as esfirras do microondas a amiga da minha irmã chegou, passou perto de onde eu estava e falou "essa sua panqueca tem um cheiro tão bom, estou quase comendo". Gente, nem panqueca era. Não sei como a pessoa consegue ser tão folgada e cara de pau assim. E notem que ela nem me pediu permissão, simplesmente falou que ia comer. Posso ser o que for, mas nunca serei folgada assim, tenho o mínimo de educação. Nem respondi isso, deixei ela falando sozinha, estou sem paciência com ela.

Me pesei na faculdade hoje, tentei usar as mesmas roupas de segunda. 64,2kcal. Segunda tinha sido 65,7kcal. Sei que esse não é meu peso real por causa das minhas roupas (jeans, moletom e tênis, sem contar o celular no bolso), mas já da para ter uma noção, agora sei que desde segunda já perdi 1,5kg. Meu peso real deve estar em 63,5kcal agora. Desculpa se estiver soando confusa hahahah Sinto que dessa vez não voltarei para os malditos 65kg que não queriam me deixar. Se eu me manter nessa minha dieta, claro.
Queria chegar aos 63kg até domingo, acho que consigo! Talvez até termine mesmo minhas aulas com 60kg, como meu plano original. Se bem que elas vão terminar bem na época do mês que meu peso fica estagnado.

Estou me sentindo doente e acho que minha aparência está assim também, tenho círculos escuros ao redor dos olhos, novamente, e meu cabelo de novo está caindo muito. Acho que meu corpo já tinha se acostumado as calorias de antes e, agora que eu diminui, está fazendo efeito de novo. Amanhã acho que minha mãe vem aqui, vou tentar passar maquiagem para ela não ficar falando muita coisa sobre a minha aparência.

Na minha dormida de tarde tive um sonho horrível onde eu estava com uma das minhas amigas e desmaiava (só que eu não notava que tinha desmaiado, ela que me falava depois). Também ficava com a visão muito embaçada, não conseguia ver nada e tinha que disfarçar perto das pessoas. Minha amiga, no sonho, acabou mais ou menos descobrindo meus hábitos, mas ela achava que eu estava usando remédios para emagrecer e ficava falando para eu parar enquanto eu tentava, em vão, convencer ela de que eu não estava usando remédio nem um. Ela chegou a falar que pararia de andar comigo caso eu não parasse.
Sei que muita coisa nisso seria impossível de acontecer de verdade, inclusive ela ameaçar parar de sair comigo, mas esse sonho me deixou pensando bastante e acho que revelou bastante coisas sobre mim e inseguranças que eu não tinha tão claras para mim mesma até agora.

Agora vou ir ler o meu livro, depois de mais um textão hahaha
Desculpa a ausência no blog de vocês, mas logo mais eu vou lá ver como vocês estão. Beijinhos.

terça-feira, 31 de maio de 2016

Esses trabalhos vão me deixar gorda

O cardápio de hoje foi quase a mesma coisa de ontem. Acordei, comi 1/4 de maçã, fui para a faculdade, dei a desculpa para a minha irmã que ia comer lá porque ia ficar até mais tarde, já que terça eu tenho aula de inglês, e almocei outro 1/4 de maçã que levei na mochila. Fiquei fazendo trabalho até de madrugada, e quando fui deitar fiquei bem ruim da rinite. Devo ter dormido menos de 2h essa noite, compensei isso de tarde, dormi quase a tarde inteira, por isso não comi nada e quando acordei já fui direto para a janta. De novo uma panqueca com atum light e molho de tomate zero. 117kcal hoje e estou satisfeita com esse número. Estou gastando mais calorias para ir e voltar da faculdade do que o que eu como, se eu não perder peso assim não sei o que eu faço, se corro para uma nutricionista, se vou me benzer, se me mato, se jogo tudo fora e abraço a obesidade de vez... haha
Aliás, alguém que já foi em nutricionista ou psicólogo sabe me dizer se, caso eu seja diagnosticada com TA, minha família vai ficar sabendo? Preciso MUITO saber.

Só queria abrir um parenteses para dizer que a amiga da minha irmã estava na cozinha enquanto a panqueca estava no forno e falou "nossa, que cheiro maravilhoso, o que você está fazendo?". Eu respondi "panqueca, mas é de atum". Ela não gosta de atum. E ela me fala "eu acho que estou mudando os meus gostos, gostei da sopa da sua mãe, outro dia sua irmã fez alguma coisa com atum que eu gostei também...". Me permaneci no direito de ficar calada e ignorar enquanto respondia mentalmente "você gosta é de comer bastante e de graça". Fui mal educada mesmo e nem ofereci, comprei essas coisas para a minha dieta, ela que se vire com a comida dela.

Amanhã não tenho aula na faculdade, mas vou me reunir com o meu grupo para fazer trabalho. Sorte que vai ser depois do almoço, não sei até que horas vamos, mas acho que eu consigo ficar sem comer nada nesse tempo sem levantar suspeitas. O que me preocupa é o final de semana, já que iremos nos reunir sábado E domingo. Se precisar vou usar a desculpa que não estou me sentindo muito bem ou que não estou com fome. Ainda sim fico preocupada, acho que comecei a semana bem, quero continuar assim, e não jogar tudo pelo ralo por causa dos trabalhos. Ai eu penso "não vejo a hora das férias, que não vai ter mais reunião de grupo" e me lembro que minha mãe e meus amigos, separadamente, querem comer fundi com direito a tudo assim que eu entrar de férias. Sem dizer que vai acabar a minha desculpa de "comi na faculdade" para não almoçar ou almoçar o que eu quiser. Sinceramente não sei o que farei.


Ontem de noite fiquei pensando na época que eu não me preocupava com isso (ano passado). Que eu entrava em um shopping e minha preocupação era escolher a refeição mais gostosa para comer, e não a menor e com menos calorias. Sinto saudades, me pergunto quando vou poder comer as coisas que eu gosto novamente e quando irei comer até estar satisfeita, porque ultimamente eu como e continuo com fome. Eu era feliz e não sabia, o que aconteceu?

Aproveito o assunto para encerrar o post com uma imagem que peguei de uma página no facebook (crédito na foto) e que talvez seja útil para alguma de vocês.


Dúvida: alguém tem dicas para disfarçar estômago roncando?
O meu anda fazendo barulhos mesmo depois de eu ter comido e não sei se as outras pessoas houvem também.

segunda-feira, 30 de maio de 2016

Visita inesperada

Final de semestre, prazo de trabalhos acabando... Já sei que esse final de semana não volto para casa, então hoje me pesei na balança da farmácia da faculdade, para me pesar na segunda que vem de novo só para ter uma noção de quanto eu perdi, se não eu fico louca. Estava de moletom, calça jeans e tênis, deu 65,7kg. Tentarei usar exatamente a mesma roupa na próxima segunda.

Comecei o dia bem, o café da manhã foi 1/4 de maçã, voltei da faculdade já pensando em comer outro 1/4 de maça de almoço. Eis que a mãe de amiga da minha irmã chega JUNTO comigo. Ela vai passar a noite aqui e só ir embora amanhã. Começamos a conversar. Ela disse que ia fazer almoço para a gente. Minhas pernas já começaram a tremer. De sorrateio, peguei o meu pedaço de maçã e comi escondido, enquanto ela olhava o que tinha na cozinha e decidia que ia fazer lasanha. Entrei em desespero, acabei falando para ela que ia comer, mas já pensando no que fazer para não comer. Enquanto ela fazia o almoço, eu dormi. Ótima saída, descansei e ainda não comi a lasanha. Acordei de tarde e, novamente escondida, comi outro 1/4 de maçã. Quando acordei minha irmã perguntou se eu já tinha comido e falou que tinha lasanha, disse que comi um lanche antes de sair da faculdade (minha mentira de sempre, estou precisando de outra). Já estava desesperada pensando no que fazer para recusar a lasanha na janta, até que ela, a filha dela e a minha irmã resolvem sair. Aproveitei e fiz uma panqueca com molho de tomate zero e atum light que comprei no mercado hoje. Deixei o prato e os talheres sujos com o molho de tomate para parecer que eu comi a lasanha. Não sei se vai dar certo, vou deixar na pia e quando elas voltarem vou falar que já comi. Se a mãe da amiga da minha irmã descobrir vou pedir desculpas e explicar que estou de dieta, acho muito feio fazer desfeita da comida dela desse jeito, mas não tinha outra escolha, tenho uma meta e não posso de jeito nem um consumir as calorias de uma lasanha!
Inclusive acabei de dar uma pausa na escrita para colocar o prato na pia, mas não antes de pegar o molho aberto e sujar ele mais um pouco.
É, acho que uma compulsão não vai me acontecer tão cedo, não com esse medo de comida que eu estou.
130kcal hoje. Poderia ter sido menos, se eu não tivesse ninguém me atrapalhando.

domingo, 29 de maio de 2016

Bipolar e viciada em comida

Eu tenho estado MUITO bipolar em relação a minha aparência desde o último post. Sexta eu quis compensar o brigadeiro e só não fiquei de NF o dia todo porque depois da filmagem meus amigos quiseram ir no Habbib's. Comprei o kit do x-men <3 Dei as batatas e o suco para eles, comi uma esfirra de carne e uma de queijo. 250kcal. Apesar disso, eu estava me sentindo ótima, fisicamente e mentalmente. Fiquei o dia todo sem comer e nada de tontura ou dor de cabeça, estava até bem disposta e animada. A filmagem foi na casa de uma das meninas. Ela tinha uma balança no quarto dela. Eu não resisti e tive que me pesar. 65,1kg.

Sábado eu queria almoçar meia maçã, mas minha irmã estava em casa, acabei comendo uma mini esfirra, que faz barulho de microondas, deixa louça, etc. Assim ela ia ver que eu tinha comido. Comprei um pão com chocolate e levei para a casa de uma amiga fazer trabalho. Não, eu não comi o pão. Levei para as minhas amigas. Como sempre vamos na casa de uma e ela sempre faz almoço, com coisas que ela compra, eu me sinto na obrigação de levar umas coisinhas de vez em quando, mesmo que dessa vez eu não tenha almoçado com elas, deus me livre comer macarrão de novo, muitas calorias e carboidratos. Em resumo, tanto no almoço quanto na hora que elas comeram o pão, eu só fiquei com elas na mesa conversando e olhando elas comerem. Nesse ponto minha autoestima já não estava mais tão boa, estava totalmente decidida a pegar pesado e voltar a perder quilos, porque já estou estagnada a muito tempo, e bem perto do meu objetivo, o que é frustante. Voltei para casa de noite. Minha mãe queria pedir uma pizza ou ir comer sopa. Convenci ela a passar no mercado e comprar filé de frango. Jantei filé de frango grelhado com alface e tomate. 201kcal nesse dia. Me pesei quando cheguei em casa, 65kg. Estava esperando 64kg, mas não fiquei frustada, sei que foi culpa minha. Mesmo assim, quando fiquei sozinha na sala de madrugada, ficava me olhando no espelho e me achando bonita. Sem dizer que foi a primeira vez que, vendo minha imagem no espelho, eu notei que estou mais magra. Antes era só por comparação de fotos.

Hoje quando eu acordei fui me pesar. Deu algo entre 64,5 e 65kg. Comi dois morangos de café da manhã.. No almoço minha mãe fez creme de mandioquinha com camarão. Doeu meu coração, mas tive que fazer desfeita. não podia comer aquilo, calorias demais. De novo comi frango, alface e tomate. E fiz questão de eu mesma fazer para pegar um pedaço pequeno, que minha mãe acabou vendo e me deu um "puxão de orelha". Comi outro morango de tarde, e metade de uma bala de alga. De noite jantei um pedaço de frango menor ainda (desse vez minha mãe não viu o tamanho) com 4 tomates cerejas. Mesmo indo pela opção mais light e menos calórica ainda estou achando muito. Por mim eu comeria um tomate por dia, dividido entre várias refeições. Aposto que ia perder peso rápido assim. Queria morar sozinha. 228kcal.

Nisso de me achar bonita, me achar feia e depois me achar bonita de novo, estou cansada de estar nos mesmos 65kg. Quando perdi peso no ensino médio não consegui passar disso também. Mas dessa vez passarei, já estou cansada de passar fome e não perder nada! Quero radicalizar ao máximo essa semana, para chegar aos 60kg, usar uma calça 40, ir na nutricionista e começar a pegar mais leve, e comer as coisas que eu gosto outra vez. Minhas aulas terminam dia 15, quero estar no mínimo com 62kg até lá. Tentarei chegar aos 63kg até o próximo final de semana.

Para terminar o post, queria comentar que estou viciada em comida. Já gostava de ficar vendo páginas de receitas e de restaurantes antes, mas agora está piorando. Estou doida, não tem outra definição hsuahsuahs Se passo perto de um lugar com comida já penso em comer. Se consigo, vejo os produtor do lugar. Abro o iFood só para passar o tempo, fico vendo os restaurantes e os cardápios. Fico vendo o que as outras pessoas estão comendo. Gosto de ver todos os produtos no mercado e os rótulos. Achei um M&M de páscoa ontem no mercado, comprei para deixar guardado, algum dia bem no futuro eu como. Totalmente maluca. Sinto que está mais difícil de manter o controle agora, depois de 5 meses na Ana, posso vir qualquer dia aqui e falar que tive uma compulsão. Mas prometo tentar manter o foco ao máximo, pensarei no quão perto eu estou do meu objetivo.

quinta-feira, 26 de maio de 2016

Brigadeirei

Tentarei ser breve porque estou sem tempo com todos esses trabalhos da faculdade.
Comi uma mini esfirra de carne no café da manhã.
Ia levar um lanche natural para a casa da minha amiga, mas a gente ia gravar antes e ia ficar muito tempo fora da geladeira. Passei na padaria e comprei uma torta de frango, menos pior do que o que eu estava esperando por vir. Como pensei, elas quiserem comer hambúrguer, sorte que acabaram indo comer hambúrguer no shopping, ai pude comer arroz integral, feijão, frango grelhado e salada no self-serve. A torta ficou para a janta, a gente comeu ela no final da tarde.
Minha amiga fez brigadeiro, como acordei sentindo bastante meus ossos e minha cintura mais afinada, estava me sentindo bem, me permiti comer o brigadeiro com elas.
Encerrei o dia, sem dúvidas, com mais de 1000 calorias. Não estou arrependida. Talvez não perca peso essa semana por causa desse brigadeiro, mas mesmo demorando uma semana a mais estou certa de que vou alcançar meu objetivo, não estou mais tão preocupada.

Bloqueei uma tentativa de paquera hoje (não gosto desses desconhecidos chatos que chegam do nada). Estava com uma amiga sentada na plataforma esperando as outras. Os garotos vieram nos olhando, sentaram do meu lado. Virei o rosto e dei as costas para eles, deixando bem claro que "não". Assim que as outras garotas chegaram eu levantei para ir cumprimentar elas e eles foram embora. De certa forma isso manteve minha autoestima elevada.

Amanhã tenho filmagem de novo. De noite minha prima me chamou para uma balada. É minha primeira balada da vida, acreditem se quiserem, não gosto muito, nem de caras chatos nem de gente bêbada. Minha família tem um histórico ruim com o álcool, por isso não bebo nem gosto do cheiro. Mas minha prima me prometeu que vai ser tranquila. Vamos ver. Sábado eu passo o dia fazendo trabalho também, essa semana só volto para casa sábado à noite, então já aviso que devo sumir por aqui e voltar a postar só no domingo, já sabendo do meu peso. Acredito que vai estar em 64kg, mesma coisa que na semana passada, depois da jacada de hoje.

Bom final de semana para vocês :*

quarta-feira, 25 de maio de 2016

Superação

Estou percebendo mudanças na minha autoestima, para melhor. É claro que às vezes ainda tem dias que me sinto horrível, mas antes isso acontecia com muito mais frequência.
Um exemplo:
Meu grupo de trabalhos desse semestre está dividido, eu e três garotas para um lado (que são minhas amigas mesmo) e três garotas para o outro. Estamos brigando o tempo todo e já está decidido que esse trabalho é o último que faremos juntas, porque as outras três não fazem nada e reclamam de tudo que a gente faz. Domingo eu ia precisar aparecer em um pedacinho da filmagem, decidi que faria um rabo de cavalo. Tentei fazer um, ficou mais ou menos (faz anos que não prendo o cabelo porque não gosto dele preso, e, ainda mais com a queda por causa da anemia, fica vários fiozinhos menores soltos). Só estava eu e o trio das chatas. Elas sugeriram que o rabo fosse mais alto. Enquanto eu tentava fazer um rabo aceitável mais alto e me atrapalhava um pouco, ouvi risadinhas de deboche delas atrás de mim. Me fez sentir no ensino médio, quando tudo o que eu fazia ou falava virava motivo de piadas e eu tinha que fingir não ouvir para não me constranger mais ainda. Por um momento pensei que depois de tudo ainda era a garota obesa, atrapalhada e esquisita do ensino fundamental. Ai lembrei que não sou. O que eu fiz? Desisti do rabo, soltei o meu cabelo loiro, liso, levemente ondulado, grandão e 100% natural como quem não queria nada, mas me sentindo poderosa por dentro. As risadas pararam na hora.
E, como se não fosse o suficiente, hoje eu tive minha vingança. Uma dessas meninas foi tirar o moletom e ficou presa nele. Uma das amigas dela teve que ir ajudar. Fiz questão de que ela visse minha cara de deboche depois que ela conseguiu tirar. Não vou mentir, adoro quando alguém prova do próprio veneno.

Ainda sobre hoje e ainda sobre autoestima, aqui está tão frio essa semana e de quarta-feira eu não tenho aula, fui para a faculdade só para ajudar o grupo numa sessão de fotos para o trabalho. No cúmulo da preguiça, fui exatamente como eu acordei (pijama de frio com o moletom da faculdade), só troquei a calça que eu usei por cima do pijama para dormir pela calça jeans. Sim, eu fui de pijama e sem sutiã para a faculdade. E ninguém notou shaushausha Só penteei o cabelo e passei um batom rosinha cor de boca mesmo, porque meus lábios ficam bem ressecados no frio. E, acreditem se quiser, três caras (dois bem bonitos até) ficaram me olhando hoje no caminho para a faculdade. Não para o corpo, o que eu ia achar nojento e também estava de moletom, então nunca ia rolar. Ficaram olhando para o meu rosto, que também está mais fino e com a pele melhor, provavelmente por causa da pouca gordura que estou consumindo. Se minha autoestima já estava um pouquinho mais elevada, depois disso ficou ainda mais.

Cardápio de terça:
Sopa de legumes no almoço.
1/2 maçã de tarde.
Copa de legumes na janta.
402kcal

Cardápio de hoje:
1/2 maçã antes de sair de casa.
1/2 lanche de pão de forma com salpicão de frango e salada no almoço.
1/2 maçã de tarde.
1/2 lanche de pão de forma com salpicão de frango e salada na janta.
513kcal

Como vocês podem notar, tinha sobrado um pouco da sopa porque a amiga da minha irmã finalmente se tocou! Naquele dia que ela queria jantar a sopa minha irmã falou "não tem muita, acho que você não vai ficar satisfeita", um jeito educado de dizer "você come muito, não tem o suficiente". Depois disso ela mudou de ideia e por isso acabou sobrando para minhas refeições da terça, mas agora acabou mesmo :(

Não lembro se fiz exercícios ontem. Hoje dancei Just Dance, umas 10 músicas, não contei.
Para a minha meta, preciso perder 4kg até dia 15. Tenho três semanas para chegar nos 60kg. Acho que eu estou comendo muito e fazendo poucos exercícios para isso, mas amanhã e sexta é dia de fazer mais um trabalho, não sei se vou ter tempo para me exercitar e também não sei o que eu vou comer. Vou tentar levar um lanche natural para ter o que almoçar e não comer o mesmo que as minhas amigas.

Foto da internet

terça-feira, 24 de maio de 2016

Gordofobia

Antes de tudo, preciso comentar sobre o que vi em um grupo de Anas no WhatsApp que participo, embora não mais por muito tempo.
Também me irrita pessoas que reclamam do peso e não fazem nada para mudar. Na verdade, reclamações no geral me irrita, essas pessoas que só se fazem de vítima e esperam a situação mudar sozinha. Agora, ver ridicularização de uma pessoa que está super de bem com a aparência dela, isso é algo de gente amargurada e sem ter o que fazer, né?
Vamos ser bem sinceras, somos todas fracas aqui. Fazemos ou já fizemos parte de um grupo marginalizado. Quem nunca viu uma descrição para uma vaga de emprego que pedia para as candidatas serem magras, por exemplo? E, ao invés de lutarmos contra isso e nos aceitar, cedemos a eles, porque somos fracas. Fazemos todas essas loucuras para ficar dentro dos padrões deles. Muitas pessoas seguindo o caminho que seguimos acabam morrendo, ou por saúde ou por suicídio, sei que isso não é novidade para nem uma de vocês. E sabe o que nos levou a isso? Pessoas que fizeram com a gente o mesmo que fazemos com outras quando dissemos coisas do tipo "ela está muito gorda para usar essa roupa" ou "ela se acha gostosa, mas na verdade está é gorda, coitada". O quão perturbada a pessoa tem quem ser para ver alguém feliz como é e fazer questão de fazer essa pessoa se sentir desconfortável com a imagem dela para ela ser infeliz também? Seria isso inveja?
Então, se você for essa pessoa, por favor, pare de ser agora. Qualquer tipo de preconceito é desprezível. Ninguém tem que mandar na vida de ninguém. Deixa a pessoa ter o corpo como ela quer, vestir o que ela quer, tatuar o que ela quiser, pintar o cabelo, raspar... Ninguém precisa da sua permissão para nada. O que isso tem a ver com a sua vida? Quem pediu a sua opinião? Essa coisa do que é aceito ou não socialmente, do que é bonito e do que é feio, é tudo muito mutável. Esses valores mudam a cada região, a cada década, a cada tribo, a cada religião... São coisas que nunca vão ter o conceito bem definido. Não sou eu, nem você que tem o pensamento certo. Isso não existe. Então vamos deixar de ser pessoas ranzinzas, porque se irritar com o que outra pessoa faz da vida dela é problemático e até faz mal para a saúde. E, se você está com tanto tempo livre e com falta de problemas na vida para chegar a essa ponto, vai fazer algo mais produtivo e saudável, um curso novo, uma academia, aprender uma receita nova, tentar ganhar algum dinheiro... As possibilidades são infinitas.

Nova semana

Domingo eu acordei bem cedo para ir filmar um trabalho. Minha mãe me deu carona, comprei um prato com umas frutas no mercado e fui comendo no caminho, mas não comi tanto, algumas não estavam boas e tinha até uns morangos com mofo. Na hora do almoço umas meninas fizeram macarrão para toda a equipe, não tinha como fugir, comi um pouco (queria ter levado um lanche natural, mas infelizmente não achei no mercado tão cedo). De tarde comi um iogurte grego que levei e, quando cheguei em casa, meia noite, comi metade de um lanche de salpicão de frango com salada e queijo minas (tinha mussarela também, mas eu tirei) na baquete, que tinha pedido para a minha irmã comprar para mim enquanto eu ainda estava fora. Tinha até pensando em ficar sem jantar, mas agora fico com receio de passar muito tempo sem comer por conta do metabolismo. 747 kcal. Não tive tempo para exercícios, mas fiquei bastante tempo em pé, espero que isso conte para alguma coisa.

Segunda antes de ir para a faculdade comi um iogurte. Almocei a outra metade do lanche, dessa vez tirei o outro queijo também. Jantei as duas últimas mini esfirras de carne com uma colher de ketchup. Como eu janto cedo (18h) e ia ficar bastante tempo acordada porque estava passando os arquivos do computador velho para o novo, comi meia maçã um pouco mais de noite. 508 kcal. Fiz 40 agachamentos e fiquei indo de um lado para outro e subindo várias escadas na faculdade. gastei 219kcal só nisso, nunca cheguei tão perto de completar a meta diária do MyFitnessPal.

Como vocês puderam notar, andei ocupada nesses dois últimos dias, só por isso dei uma sumida, mas estou bem. Também não estou tão radical quanto já estive em relação a dieta, acho que é falta de tempo para ficar pensando nisso. Mas tentarei diminuir as calorias diárias pelo resto da semana, apesar de quinta e sexta ter gravação de outro trabalho e o cardápio ser uma surpresa até para mim.
Minha irmã trouxe o nosso nitendo wii para cá, tentarei dançar just dance de vez em quando para perder umas calorias, sem dizer que adoro, é super divertido.
Passei bastante frio essa noite, acredito que perdi umas calorias nisso também, Só que como não gosto de ficar sofrendo e não estava conseguindo dormir, coloquei o meu moletom da faculdade, mais uma calça e uma meia e dormi quentinha o resto da noite.

Agora vou dar uma olhada nos blogs de vocês para ver como passaram o final de semana. Espero que bem :*

sábado, 21 de maio de 2016

Não entendi meu peso

Sumi um pouquinho, mas é porque estou sem meu computador esse final de semana e tenho uma preguiça ENORME de digitar no celular.

Eu realmente não entendo meu corpo ou a minha balança. Um dos dois está com defeito.
Cheguei em casa sexta de tarde, parei em frente da balança, estava pessimista e sem vontade de subir para querer me matar depois por estar tão gorda. Subi. Menos de 63,5kg. Eu deveria ter ficado feliz, mas faz tempo que não fico feliz me pesando. Digamos que fiquei menos desapontada.
Como prometido, peguei mais leve por ter alcançado os 64kg que estava esperando. Fui em um rodízio de sopa. Devo ter comido três pratos, pelo menos dois eu tenho certeza que comi, e algumas torradas. Sai literalmente passando mal de tanto comer.
Acordei hoje, me pesei. 64kg. Já era o que eu esperava, meu peso no sábado sempre é um pouco maior do que o de sexta a noite. Tomei um copo de água. Por neura fui me pesar de novo. 65kg. E assim ficou pelo resto do dia. Como que eu ganhei 1,5kg de um dia para o outro? Tudo bem que eu comi muito, mas era sopa e não foi como se eu tivesse comido uns 10 pratos. Comi normal.
Resumo: não sei se estou com 65kg ou 64kg.

Alimentação de hoje.
Sabia que ia no shopping, então quis pegar leve antes. Estava num misto de mais relaxada por causa dos 64kg e apreensiva por ter voltado aos 65kg. Minhas irmãs iam pedir comida. Como vem muita coisa e não tem muita opção aqui, disse que não aguentei esperar elas chegarem e acabei comendo nuggets. Iam ser 4, mas um caiu no chão e acabou ficando para a cachorra. Comi com uma colher de ketchup.
Estava planejando comer na subway na janta, metade de um lanche, ai comeria carne, carboidrato e salada (tinha estado com muita tontura durante odia). Vi que o Habbib's estava dando brinde do X-Men. Troquei para duas esfirras de carne. Mas mamãe pediu errado. Acabei comendo um Bib's Dog (mini hot dog). Troquei a carne que preciso por salsicha (que nutricionalmemte falando é horrível) e ainda comi queijo. Pelo menos foram menos calorias. Também comi um tubinho de M&M, é uma coisa que eu já tinha decidido que faria se estivesse com 64kg. Foi a terceira vez no ano que comi doce (sem contar com duas vezes que tomei suco com açúcar) e a primeira vez que comi chocolate. Machucou um pouco a gengiva e o gosto não durou muito, sei lá se valeu a pena, senti como se estivesse esperando por mais, acho que a expectativa foi muito grande.
566kcal hoje. Estava esperando chegar em 700kcal, então está bom.

Só posso dizer que não sei o que está acontecendo e não sei meu peso. Minha tia me viu hoje, ela e minha mãe falaram que já está bom de emagrecer, só que para mim ainda não está. Preciso de pelo menos menos 5kg a menos (se estiver com 65kg), e depois disso estou pensando em ver uma nutricionista e emagrecer direito, já que não vou mais estar querendo perder os últimos 5kg tão urgentemente. Sem dizer que ficarei aqui em casa porque vou estar de férias, posso cuidar da alimentação E usar a academia do condomínio. Tem que dar bons resultados, né?

Quando eu acordar amanhã me pesarei de novo e espero tirar minhas dúvidas. Só devo fazer um novo post na segunda, porque amanhã é dia de filmagem, acordarei bem cedo e chegarei bem tarde em casa. Estou pensando em levar uma salada de frutas e um lanche natural, assim se as meninas quiserem pedir alguma coisa para comer eu direi que levei meu almoço, para não comer nada que não devo. O "dia do lixo" já foi hoje. Agora volto a minha rotina normal, ainda tenho uma meta.

Nota: Assistam X-Men: Apocalipse, FOI O MELHOR FILME DA FRANQUIA!!! Simplesmente amei, gostei mais ainda do que de Guerra Civil.

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Expectativas

Até que eu controlei bem essa semana a ansiedade por conta de espera para me pesar. Pode ter sido culpa das milhares de coisas na minha cabeça nesse momento, inclusive coisas da faculdade.
Agora que está tão perto a ansiedade está mais presente. Estou fazendo umas orações, acendendo umas velas... Tudo o que eu tenho direito aqui. Nunca quis tanto ver um número quanto quero ver 64kg na balança amanhã. Talvez eu esteja querendo demais, menos dois kg. Mas eu quero, o que posso fazer?
Minha consciência está mais ou menos tranquila porque praticamente a semana toda eu fiquei só com as calorias das jantas, que nem foram tantas assim. O resto eu queimei com exercícios. Hoje não foi diferente. Comi um gomo de mexerica quando eu acordei e levei dois para a faculdade, porque ia almoçar lá e seria meu almoço. Mas a menina que me da aula particular de inglês cancelou, então eu voltei mais cedo e não almocei lá. Estava com uma sensação meio estranha, não estava passando mal, mas era uma sensação de fraqueza. Passei em frente ao self-service que é na esquina do meu apartamento e acabei cedendo e indo comer lá. Aliás, amanhã vejo minha mãe e ela sempre fala que eu preciso comer mais, que estou com cara de desanimada e mais um monte de coisa assim. Preciso parecer o melhor possível. Realmente eu sinto meus olhos pesados quase o tempo todo, e sei que isso é por causa da alimentação, mas tem mais um monte de coisa na minha cabeça que está me fazendo ficar mentalmente e emocionalmente cansada. Sem falar no final de semana da TPM que eu estava super deprê.



Esse foi o meu almoço (menos de R$6,00, ser Ana é econômico! haha). Troquei dois gomos de mexerica por cenoura, frango grelhado, tomate cereja e brócoli gratinado (#MomentoCompulsão, não resisti).
Jantei minha sopa de legumes.
330kcal. Contando com os dois gomos de mexerica que eu deveria ter comido e já tinha colocado no MyFitnessPal. Talvez coma mais tarde.

Amanhã planejava almoçar a sopa também, mas, depois de dizer que era para a minha dieta, minha irmã disse que estava com vontade a semana inteira e quer jantar isso hoje. Não vou deixar minha irmã passando vontade, né? Mas isso significa que a amiga dela vai comer também, então provavelmente não vai sobrar nada. Já vou ir planejando alguma coisa, como eu disse, preciso estar bem para ver minha mãe.

Amanhã é dia de subir na balança e eu acho que é humanamente impossível eu ter engordado, se tiver acontecido irei me benzer, tomar um banho de sal grosso... hsaushuash Torçam por mim!

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Nem foi tão ruim assim

Já acordei hoje pensando no que eu ia comer. Tive que ir na 25 comprar coisas para o cenário de um trabalho e precisava estar disposta. Me permiti um café da manhã um pouco mais calórico do o que os dos últimos dias, mas não consegui me fazer comer tantas calorias assim. Comi um iogurte grego e uma mini esfirra de carne. Não sei se foi isso, mas estava disposta o suficiente. Da última vez que eu fui fiquei com um mal estar, meio passando mal, dessa vez foi diferente. Depois que tínhamos tudo minhas colegas foram no MC Donald's e eu me despedi delas ali. Dei uma passada em uma lojas só para ir já tendo ideias de coisas para o meu aniversário de Halloween e fui embora.
Quando cheguei, já estava praticamente na hora do almoço. Abri a panela com a sopa e tinha só o fundinho dela (minha irmã quis um pouco ontem e as porções congeladas são pequenas, então não sobrou muito). Podia ter descongelado mais, só que não tinha ninguém por perto para ver a quantidade de comida, então por que não? Quanto menos calorias melhor, por mim eu comeria um pedacinho de fruta ou de verdura e já contaria como uma refeição haha


Não está com uma aparência tão apetitosa, mas estava gostosa haha. Coloquei no MyFitnessPal que foi 1/3 de um prato fundo de sopa de legumes.
Na janta eu comi 1/2 fatia de torta de frango (o último pedaço #sad). Minha irmã estava na cozinha, mas dei um jeito de não deixar ela ver a quantidade, ela só sabe que eu comi e é o que ela precisa saber haha
Calorias de hoje: 318 kcal
Gastei 176 kcal só na minha ida à 25 de março. Está aceitável. Eu acho sempre muito e quero ver sempre um número menor, mas até que está bom. Ontem quando pensei que teria que comer melhor para estar disposta, estava esperando mais kcal que isso.
Minha irmã e a amiga dela não foram para o cursinho hoje, não tive um tempo sozinha para os meus exercícios :(

Voltei a sentir fome, diferente do meu nojo pela comida que estava no final de semana. Vou ao shopping no sábado assistir X-Men, se até lá estiver com menos de 65kg vou pegar mais leve com a comida nesse dia. Está tudo nas mãos da balança.